Ditadura de 1964/1985: fracasso e ignomínia

Ao completarem-se 44 anos da quebra da normalidade institucional no Brasil, mergulhando o País nas trevas e na barbárie durante duas décadas, é oportuno evocarmos o que realmente foi essa ditadura, defendida hoje com tamanha desfaçatez pelos culpados inúteis e com tanta ingenuidade pelos inocentes úteis. Por Celso Lungaretti (*), clique no título para ler.

Nenhum comentário: